contato@comunicabc.com.br

22 de abril, 2024

Como renegociar suas dívidas no CPF e CNPJ? Entenda

dívidas

Saiba como resolver seus problemas e começar a pagar as dívidas

O endividamento é um problema crônico do Brasil, que atinge famílias, pessoas e até mesmo empresas. De fato, muitas dessas entidades sequer sabem como consultar débitos e ver a extensão do quanto precisam pagar.

Como resultado, o endividamento no Brasil abrange quase 70 milhões de pessoas, de acordo com pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito. Isso significa que cerca de um terço da população brasileira possui dívidas de alguma natureza. Os débitos mais comuns são o endividamento com cartão de crédito e empréstimos.

Felizmente, hoje em dia é fácil saber quais dívidas você possui e como fazer para negociá-las, já que sites como o Serasa possuem essas informações. E eles também oferecem várias maneiras de como quitar suas dívidas.

O que fazer para quitar uma dívida pessoal?

Não importa se a sua dívida é no CPF (pessoa física) ou no CNPJ (pessoa jurídica), os recursos para quitá-la são relativamente parecidos. No Brasil, o principal sistema utilizado para verificar pendências é o Serasa Limpa Nome, voltado especialmente para pessoas físicas.

Esse site oferece uma consulta completa a todos os débitos que estão em seu nome. Basta acessar a plataforma e digitar seu CPF e o site exibe todas as pendências vinculadas ao seu documento, bem como as propostas de negociação oferecidas pelos credores.

Na maioria dos casos, as propostas contam com descontos superiores a 50%, que podem chegar a 90% para algumas dívidas. Você pode negociar a dívida diretamente pelo site e aceitar a proposta.

Fazendo o pagamento, o débito é quitado em no máximo 48 horas, e o seu nome fica limpo pouco tempo depois. Você também pode parcelar o débito e pagar mensalmente, caso o acordo proposto tenha essa possibilidade.

Mas antes de aceitar a proposta de parcelamento, veja algumas dicas para evitar atrasar os pagamentos e não conseguir arcar com o acordo:

  • verifique se a proposta realizada pela empresa cabe nas suas possibilidades de pagamento;
  • cheque se a taxa de juros é mais alta do que seria no caso de um empréstimo pessoal. Em alguns casos pode valer mais a pena realizar esse empréstimo e quitar a dívida à vista;
  • fique atento ao prazo de parcelamento e se você consegue arcar com um compromisso tão longo;
  • não atrase os pagamentos das parcelas, pois isso pode levar ao cancelamento do acordo e à volta do seu nome ao SPC.

Além do site do Serasa, existem também os mutirões de pagamento de dívidas, que são períodos quando as empresas costumam fazer propostas. Esses mutirões têm a vantagem de oferecer descontos ainda maiores, com até 100% de retirada dos juros e possibilidade de parcelamento.

Como quitar uma dívida da empresa

No caso de empresas, as dívidas mais comuns dizem respeito a impostos, ou seja, débitos com a Receita Federal. Outra dívida comum é o não pagamento das contribuições mensais de previdência e impostos, a popular DAS, que atinge principalmente os Microempreendedores Individuais (MEI).

Essas dívidas são muito mais sérias do que débitos pessoais, pois elas podem acarretar restrições como o bloqueio do CNPJ, a impossibilidade de fazer negócios ou emitir notas fiscais, e até o bloqueio de dinheiro.

Se você tem alguma dívida dessa natureza, pode consultá-la diretamente no site da Receita Federal, através do portal e-CAC. No site, basta clicar na seção “consultar pendências – situação fiscal” e verificar os débitos que estão em seu CNPJ.

O site também permite emitir uma DARF para realizar o pagamento à vista ou então solicitar um pedido de parcelamento. No entanto, o parcelamento só pode ser solicitado dessa forma se o débito não estiver inscrito como Dívida Ativa da União.

Ao contrário das dívidas comuns, é mais difícil realizar o pagamento de impostos com desconto. Mas você pode aproveitar os programas de negociação abertos periodicamente pelo governo (o popular Refis), que costuma oferecer melhores condições de parcelamento e descontos nos juros.

Manter-se livre de dívidas não é uma tarefa fácil, mas você pode fazer um planejamento adequado para quitar seus débitos e voltar a ter crédito na praça. Com organização e planejamento, estruturar suas dívidas é possível.

Tags:

Redação LUB Portal

Redação LUB Portal

O LUB Portal é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *