contato@comunicabc.com.br

18 de maio, 2024

ERP para Pequenas Empresas: Quais os benefícios?

Pequenas Empresas

A coleta, manipulação e análise de dados é cada dia mais primordial para o sucesso de um empreendimento, independentemente do seu porte ou segmento de atuação.

Através dos dados da operação, do mercado e da audiência da empresa, é possível ter um olhar amplo da organização e garantir processos constantemente otimizados para rentabilidade.

Além de ser uma forma eficiente de conquistar um controle de qualidade para os produtos e serviços.

Um dos sistemas mais indicados para suprir essa demanda estratégica é o ERP, Enterprise Resource Planning. Conheça o mecanismo e saiba como o ERP para ERP para pequenas empresas poderá beneficiar seu negócio.

O que é ERP e como funciona?

O Enterprise Resource Planning é um modelo de software para gestão cujo objetivo é centralizar e integrar as atividades de todos os setores da empresa.

No dia a dia, todo gestor e empreendedor sabe como pode ser difícil e ineficiente trabalhar com diferentes softwares e plataformas, tendo informações espalhadas e dados difusos, pois isso atrapalha muito a comunicação entre setores. O ERP surge justamente para garantir a integração das informações.

O sistema ERP pode variar conforme cada empresa desenvolvedora do software, que oferece a ferramenta de acordo com as necessidades do cliente que contrata o serviço.

No entanto, alguns princípios são padrão. São eles:

  • Automatização de processos de todos os setores;
  • Fluxo de informações unificado;
  • Acompanhamento de dados em tempo real;
  • Favorecimento da tomada de decisão;
  • Integração rápida dos setores.

Quais os benefícios do ERP para Pequenas Empresas?

Além da integração de informações, existem inúmeros outros benefícios da utilização do ERP para pequenas empresas. O sistema proporciona um efeito em cadeia em qualquer organização ao passo que impacta diretamente na tomada de decisão gerencial e no dia a dia da operação.

Veja algumas das principais vantagens do ERP para pequenas empresas

#1 Tomada de decisão data-driven

Sabemos que basear os passos do empreendimento em especulações e dados inconsistentes pode ser um tremendo tiro no escuro com consequências diretas na saúde financeira e organizacional da empresa.

Por isso, a tomada de decisão orientada por dados (data-driven) é uma das formas mais bem sucedidas de promover melhores resultados, sistema de controle de qualidade eficiente e maior competitividade para a organização.

#2 Segurança de dados

O fenômeno da transformação digital nas empresas trouxe à tona a necessidade de sistemas empresariais capazes de garantir a segurança de dados sensíveis.

Através da criptografia, utilização de firewalls e controle da informação, os softwares ERP são ideais para garantir a segurança de dados das empresas.

#3 Menos desperdícios e falhas

Se os desperdícios na operação já causam impactos severos para as empresas de grande porte, uma falha operacional pode ser determinante para a sobrevivência de uma empresa pequena.

Com dados poderosos gerados pelo ERP, é possível que a gerência enxergue os maiores gargalos da operação e atue diretamente nesses focos para evitar desperdícios e falhas.

#4 Automação de processos

Tarefas burocráticas e repetitivas que poderiam ser automatizadas, mas não são, definitivamente representam um desperdício enorme nos processos da organização.

Otimizar o tempo da força de trabalho facilita não só na redução de desperdícios, mas também na padronização das atividades e na garantia de maior agilidade na equipe.

A consequência disso você já deve imaginar: melhoria contínua e otimização dos tempos de ciclo da operação, isto é, economia de recursos valiosos como tempo e dinheiro.

#5 Redução de custos sem impactar a produtividade

E por falar em reduzir custos, eis um outro benefício do software de gestão integrada ERP, a redução de custos sem impacto na produtividade.

É certo que cortes financeiros podem afetar diretamente a produtividade do negócio à medida que influenciam diretamente o cotidiano da operação.

No entanto, o ERP possibilita a previsibilidade do uso dos recursos através dos insights valiosos que a coleta dos dados da empresa proporciona. Com isso, a gerência pode tomar decisões efetivas de redução de custos sem que isso impacte a cadeia produtiva.

Quanto custa um ERP para pequenas empresas?

O valor da implementação do sistema ERP para pequenas empresas pode variar conforme:

  • Quantidade de usuários que irão acessar simultaneamente;
  • Quantidade de módulos que a empresa precisa;

Ao orçar com diferentes plataformas, garanta que você esteja optando por aquelas que oferecem o desenvolvimento do ERP conforme as necessidades do seu negócio.

Conclusão


A implementação de um sistema ERP para pequenas empresas é um investimento indispensável para ajudar as empresas a atingirem suas metas.

Com um sistema ERP integrado, as pequenas empresas podem unificar e automatizar seus processos de negócios, resultando em uma melhoria significativa na eficiência e na efetividade.

Além de oferecer uma visão centralizada dos dados da empresa, permitindo que os líderes tomem decisões baseadas em dados precisos, resultando em um aumento na agilidade da empresa e uma redução nos erros de processamento manual.

Tags:

Redação LUB Portal

Redação LUB Portal

O LUB Portal é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *